Páginas

31 de dez de 2010

Os livros lidos em 2010


Seguindo a tradição, vamos ao post dos livros lidos no ano que se passou. Minha lista ficou meio desorganizada este ano quanto à ordem, por isso resolvi apresentá-la de outro modo, por temas. As releituras estarão marcadas com (R) e a numeração não representa a ordem em que foram lidos durante o ano, porque fui anotando meio doidamente:

1) Sem sangue, Alessandro Baricco
2) La comtesse de Cagliostro, Maurice Leblanc: mais um da série de Arsène Lupin. Apresenta a condessa de Cagliostro, personagem fascinante e intrigante. Mas ainda prefiro L'Aiguille Creuse.
3) Obrigado, Jeeves, P.G. Wodehouse: absolutamente delicioso como todos de Jeeves, de causar xixi nas calças e crises de riso vergonhosas, caso vc caia na besteira de ler em público. É meu terceiro Jeeves.
4) Eu mato, Giorgio Falletti: policial excelente, para corações fortes. Nada de crime confortável aqui. Requer estômago. Mordida a isca do mistério, fui até fim. Mas não lia de noite. :|
5) Resistência, Agnès Humbert: eu e meu fascínio pela Segunda Guerra. História verídica de primeira qualidade. Imperdível.
6) Trois Contes, Machado de Assis (ed. bilíngue, trad. p/ o francês Jean Briant): versão bilíngue de Machado traduzida pelo meu mestre amado-idolatrado professor.
7) Persépolis, Marjane Satrapi: conheci Marjane Satrapi através de uma aluna. Me diverti e aprendi muito.
8) Bordados, Marjane Satrapi: bom, mas Persépolis é muito melhor.
9) Entrevista com o vampiro, Anne Rice: sim, creiam. Meu primeiro Anne Rice. O vocabulário da Anne Rice é lindo.
10) O amor nos tempos do cólera, Gabriel García Márquez: sim, creiam. Meu primeiro García Márquez (inteiro). Simplesmente perfeito, porra, vou dizer mais o quê?
11) Paris (Guia Folha): assumi minha paixão por ler guias de viagem este ano, e pronto. Leio a passos de cágado, como se viajasse. Estou lendo mais uns três ao mesmo tempo agora, sem a menor intenção de terminar. Quando eu termino, ponho na conta daquele ano. Esse Guia da Folha é muito bom, cheio de dicas legais e úteis, mas a revisão é uma porcaria.

O bloco Agatha Christie
12) O assassinato de Roger Ackroyd: ah, o prazer de descobrir o culpado um pouco antes! Um dos mais engenhosos e mais bens construídos. Muito bom!
13) Testemunha de Acusação e outras peças: peças não são tão legais, mas a primeira é de tirar o fôlego.
14) Os Quatro Grandes: não gostei.
15) O mistério do trem azul: bom, mas nada de espetacular.
16) A noite das bruxas: gostei muito de alguns aspectos deste aqui, a parada do cold case, sabem?
17) É fácil matar: bem legal, fui muito bem enganada nesse aí.
18) Mistério no Caribe: excelente. A parada do cold case de novo, adoro.
19) Cai o pano: Oh-my-god. Na verdade esse é que foi o trigésimo livro, terminei ontem. A última aventura de Poirot, e totalmente surpreendente em mil coisas. Pelo método do assassino, pelo que acontece ao Poirot, pelo que ele é capaz de fazer, o danado! Épico.

Muitas releituras

20) As Aventuras de Sherlock Holmes vol 3 - Estrela de Prata (R)
21) O cão dos Baskervilles (R): estou relendo todos os Sherlocks, no momento tenho um volume em espanhol, que ganhei dos meus pais.
22) O dia do curinga (R): de vez em quando releio. Essencial para a vida.
23) Pollyanna, Eleanor H. Porter (R): reli depois de uns 20 anos. Revigorante.
24) Fanfan, Alexandre Jardin (R): graças à continuação on-line que Alexandre Jardin está escrevendo, não resisti e em uma semana devorei meu conto de fadas da juventude.

Tentativa
25) O guia do mochileiro das galáxias, Douglas Adams (R)
26) O restaurante no fim do universo, Douglas Adams (até agora não sei se é releitura. sei que comecei, mas não sei se terminei uns anos atrás)
27) A Vida, O Universo e Tudo Mais: para ver se termino a série, concluo que só gosto mesmo do primeiro.

O bloco Petit Nicolas
28) Les surprises du Petit Nicolas, Sempé-Goscinny
29) Le Petit Nicolas s'amuse, Sempé-Goscinny
30) Le Petit Nicolas et les copains, Sempé-Goscinny (R): começar a reler Petit Nicolas é o princípio do desespero, percebem? Tá acabando. Só falta comprar uns dois... :(


p.s.: Mais um ano sem JK Rowling, e contando. Bora, lôra!

2 comentários:

  1. Adorei o blog e adorei a listagens de seus livros lidos no ano.
    Quero fazer um post desse também.
    Será que eu lembro de todos?
    Passarei aqui mais vezes
    meu blog: www.crisesdetpm.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Thais, eu mantenho um caderninho há anos, onde anoto os livros que leio em cada ano. Fazer de memória é muito difícil, mas você pode tentar começar pela memória. Que tal começar a anotar agora os de 2011? Aposto que renderá um post delicioso no começo de 2012! :)

    ResponderExcluir

tá com você!