Páginas

10 de dez de 2013

Meme literário 2013 - dia 10

Dia 10 - Que livro é o seu objeto de desejo?

Agora, agorinha? Hum, difícil, né? Muitos! Bom, comecemos por...


Mil Mágicas, da Diana Wynne Jones, últimos d'Os Mundos de Crestomanci (skoob: http://www.skoob.com.br/livro/23749), que tá desde 2011 na minha lista de Natal e nenhuma alma caridosa se compadece de mim.


Também são fortes candidatos na minha lista os três volumes do Petit Nicolas da IMAV éditions, mesmo correndo o risco de ter histórias que já li, mas enfim, entrou no nível de coleção, e já quero ter tudo. :)


Não deixe de acompanhar o meme literário 2013 também em:

http://batatatransgenica.wordpress.com/
http://breviariodashoras.blogspot.com.br/
http://www.terracotabolsas.com/rato/
http://depokafe.wordpress.com/
http://bem-vindos-a-bordo.com/
http://pensamentosinsones.wordpress.com/
http://esperandooesperado.blogspot.com.br/
http://naterradaluavirada.wordpress.com/

Um comentário:

  1. Queria o "Akhenaton, a história da humanidade contada por um gato" do Gerard Vincent. Esse é desejo realizável que não concretizo nunca porque virou fetiche entrar em sebo e perguntar por ele. Não quero encontrá-lo, quero que ele me encontre.
    O Mahabharata em francês já está na categoria de sonho de quase impossível de ter. Li vários trechos na biblioteca da Letras, numa época em que eu estava achando que conseguiria aprender sânscrito. A intenção era ler o Mahabharata do original. Quanta viagem na maionese essa aventura linguística não rendeu...Agora vejo as letrinhas devanagari do sânscrito e não lembro mais nada...
    Outro puro fetiche "O Ramo de Ouro" do Frazer. Tenho trechos deste livro xerocados e dei muitos uaus lendo. É uma fortuna e quase cometi um crime no meu orçamento uma vez. O Zé me segurou e me deixou ver a maluquice. Ia meu salário inteiro só neste livro.
    Não, não tenho Complexo de Mindlim. Sou bem humilde em matéria de comprar livro. Mas só de imaginar o conteúdo, os orgasmos mentais, o enredo incrível que o livro deixa supor, perco totalmente a noção. Por sorte o máximo que consegui foi deixar de pagar conta de telefone pra conseguir um livro.
    Crisim

    ResponderExcluir

tá com você!